05 ago

Carreira não é o motivo do congelamento de óvulos

congelamento de óvulos

As tecnologias para congelamento de óvulos e fertilização in vitro estão sendo cada vez mais desenvolvidas. A cada ano, um número maior de mulheres procura médicos que ofereçam esse tipo de tratamento, o congelamento de óvulos. Inclusive, algumas empresas – como a Apple – pagam por esses procedimentos para suas funcionárias.

Em 2014, quando as empresas começaram a oferecer esse beneficio, criou-se o slogan “Congele seus óvulos, liberte sua carreira“. Entretanto, um estudo da Universidade Yale (Estados Unidos) contesta o motivo que leva mulheres ao congelamento ovular.

A análise do estudo foi feita com base nas respostas que 150 mulheres deram à uma entrevista. De acordo com Marcia Inhorn, médica antropóloga e uma das responsáveis pela pesquisa, a carreira é um motivo estereotipado, pelo menos no que diz respeito aos dias de hoje.

O estudo mostrou que a maioria das mulheres que procuram as clínicas responsáveis pelo procedimento estão na faixa dos 30 anos e já têm estabilidade na carreira.

Mas então, qual é o motivo para o congelamento de óvulos?

A dificuldade de encontrar um parceiro. Das mulheres que responderam à pesquisa, 85% eram solteiras e a maioria era heterossexual. Metade das entrevistadas afirmou que o fato de não saber quando elas estarão envolvidas em uma união estável foi a causa da decisão.

Depois das solteiras, o maior grupo foi formado por mulheres que haviam acabado de encerrar um relacionamento. Também há o grupo das que optaram pela produção independente. Carreira foi o motivo menos citado.

A situação não foi diferente entre as mulheres que estavam em um relacionamento. A maioria delas afirmou que seus parceiros não queriam filhos.

Qual a explicação para esse fato?

A pesquisa apontou duas opções:

  1. Na maioria dos países desenvolvidos as mulheres receberam mais educação do que os homens, diminuindo o número de pessoas pelas quais elas sentem atração;
  2. A cultura do machismo faz com que os homens continuem tendo problemas para se relacionar com mulheres que ocupem posições profissionais iguais ou maiores do que as deles, portanto, eles não se interessam pelas bem sucedidas.

Dessa forma, o estudo mostra que os homens estão mais interessados em mulheres com menos estudo do que eles. E as mulheres estão a procura de homens que intelectualmente e profissionalmente estejam no mesmo patamar.

Fonte

 

 

 

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *