Carta sobre o amor e um pedido de desculpas

Mais um post de amor aí gentxe 😀

Já se passaram 4 meses e pareci um pouco distante dessa data. Não por querer ou por ela ser “menos importante”, mas calhou de ser no dia do meu primeiro grande evento dentro da empresa que trabalho. Confesso que acordei pensando nisso, mas o resto do dia eu estava só estressada… correndo de um lado para o outro, para que os funcionários estivessem alinhados com o propósito e claro, que os convidados se sentissem em casa. Nisso que citei a pouco, deu certo… mas faltava algo.. eu pude sentir, mesmo que de forma insconsciente… mesmo que de forma sutil, faltava ele… aquele que me apoia, que me ajuda, que cuida de mim e que me ama.

Mas o dia foi louco, né?!

Sabe aquele dia que você se vê dividida entre muitos mundos? Entre o trabalho, amor, amigos e família? E que você ama todos “pacas”? Foi isso que aconteceu, mas acho que pareceu que eu estava mais voltada ao trabalho… em alguns momentos, posso dizer que sim… e quero falar sobre aqueles momentos que posso dizer que não.

Para estar hoje bem, focada na minha estabilidade emocional e de saúde (vocês sabem, né? aqui não anda um mar de rosas “Uma vida repleta de desafios na saúde“). Eu precisei e preciso de muito apoio de muito amor. Poderia falar o quanto parte da minha família é incrível… mas preciso dizer que ele me faz ser melhor… o meu companheiro, meu namorado lindo, meu GODO (apelido meu para ele, não julguem).

Digo que, poderia estar fazendo as mesmas coisas se eu não tivesse um amor, mas não tenho certeza se eu estaria tão inteira, tão plena. Que estaria tão disposta a continuar… é engraçado, pois não é a primeira vez que amo, mas dessa vez sinto algo além daquela “paixonite” que sentimos, eu sinto algo mais estável, que me dá abertura e liberdade para ser como eu sou.

Nesses quatro meses eu tenho aprendido tanto… tenho amado tanto… que é difícil explicar aqui para vocês… então vou explicar para ele, que é a razão do meu post, a razão da minha estabilidade, a razão do meu amanhecer sorridente: Lucas.

Já se vão vários posts sobre ele e sempre me julgam que eu não deveria falar de felicidade, pelas energias negativas que podem vir em consequência disso.. mas sabe de uma? Eu tenho vontade de falar sobre o amor, pois sou uma mulher completamente amada… descabelada, arrumada, gripada, mau humorada, desnorteada, chateada… encontrei alguém que pude e posso ser eu, e tenho ainda sorrisos o tempo todo, abraços, cafunés e tudo mais que  sempre sonhei nessa vida.

Lu… desculpa ter passado nosso dia com esses influenciadores loucos e maravilhosos… só faltou você lá para eu ter aquele momento que seria inesquecível para sempre… de ter milhares de elementos juntos para tornar a satisfação de alguém realmente saciada… Mas sabe de uma coisa? Você estava comigo… pois “não existo sem você”, era só fechar meus olhos que eu te via, bem ali comigo, me apoiando, me ensinando, me conduzindo e comendo pizza (:D)… porque sou parte de você e você meu bem, é parte de mim.

Que nossos dias se multipliquem… que eu possa errar e você possa me desculpar. Que seja sempre real, que seja sempre natural o nosso chamego, o nosso amor e nossos dias juntos.

Te amo Lucas!

PS: a foto de capa, são as flores que ganhei hoje!!!

Talita Lombardi

Instagram Talita Lombardi

Twitter: @talilombardi

E-mail: talita@startupsstars.com

Fan Page do Startups Stars

Blog para Empreendedores

Youtube para Empreendedores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s